Como definir metas para crescer sua empresa

O tempo de administrar um negócio com base nos instintos acabou. Hoje, cada vez mais, é preciso gerenciar os nossos negócios com base em dados confiáveis. Ou então, estamos fadados ao fracasso e à fecharmos as portas. Por isso, é fundamental contarmos com as metodologias corretas na nossa gestão. E isso passa pela definição de metas.

Como diria o papa da administração Peter Drucker: “O que pode ser medido, pode ser melhorado”. 

Ou seja, se você não mede você nunca irá melhorar.

E a melhor maneira para medir se as ações estão dando resultados é através dos indicadores.

O primeiro passo é estabelecer quais as metas e indicadores precisamos focar e depois coletar os dados ao longo do tempo para entender se eles estão sendo cumpridos.

O que são as metas?

As metas nada mais são do que as ações necessárias para alcançar os objetivos empresariais. Elas devem ser traçadas levando em conta um número, para que você possa acompanhar se ela foi atingida ou não.  

1 – Aumentar em 30% o número de vendas no primeiro trimestre;

2 – Contratar 2 novos vendedores no primeiro trimestre;

3 – Ampliar a verba de marketing em 40% no primeiro trimestre.

4 – Reduzir em 10% das despesas fixas no primeiro semestre

Como definir metas?

As metas da sua empresa devem seguir a metodologia conhecida como SMART. Para isso, elas devem seguir algumas características como ser específicas (Specific), mensuráveis (Mesurable), atingíveis (Achivable), relevantes (Relevant) e baseadas em tempo (Time Based). Vamos ver mais sobre cada uma delas.

Específicas

Quanto mais específica sua meta, melhor será a compreensão por todos dentro da empresa. Então, é importante que a meta esteja vinculada a um número, quem é o responsável por ela, entre outras informações.

Por exemplo, na meta que traçamos anteriormente de “aumentar em 30% o número de vendas no primeiro trimestre”. Sabemos o número que precisamos atingir, o tempo necessário para isso e quem é responsável pela métrica, ou seja, a equipe de vendas.

Mensuráveis

A sua meta precisa ser mensurável. Ou seja, precisa apontar qual o resultado esperado. 

No exemplo da meta: “aumentar em 30% o número de vendas no primeiro trimestre”, sabemos qual é o resultado e o que precisa ser acompanhado para atingir a meta.

Atingíveis

Isso é muito importante. De nada adianta querermos traçar uma meta completamente impossível de ser atingida. Isso só vai fazer com que sua equipe desperdice esforços e que fique desmotivada ao longo do tempo.

Relevantes

As metas existem para que um objetivo maior da empresa seja cumprido. Por este motivo, crie metas que são prioritárias para o seu negócio. Isso vai fazer com que todos os envolvidos trabalhem para atingir a meta e impactar positivamente nos objetivos da empresa.

Baseadas em Tempo

Crie suas metas para que elas tenham um prazo final. Isso faz com que os envolvidos agreguem esforços para atingi-las dentro do tempo necessário e você pode reavaliar as metas ao longo do ano.  O ideal é que as metas durem um trimestre e depois sejam revistas. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *