Diversidade empresarial – Por que é tão importante?

*Texto de Diego Fernandes

Das atitudes que transformam o mundo num lugar melhor, a inclusão à diversidade é uma delas e se faz imprescindível na conduta de empresas que querem abraçar de fato um futuro de sucesso.

Mas quando falamos em diversidade, o que vem à sua cabeça? Gênero, etnia, orientação sexual e deficiência são alguns temas mais abordados, mas você já parou pra pensar na diversidade como um todo e em cada detalhe? 

A diversidade como um todo

As pessoas também têm diversas religiões, traços culturais regionais, estilos de vida, formatos de corpos, experiências em outras áreas profissionais, e por aí vai. Outros fatores que muitas vezes não são tão levados em consideração na hora de uma contratação, por exemplo, é idade e condição socioeconômica. 

É claro que algumas empresas e instituições trabalham com sistemas de cotas e coisas do tipo, mas às vezes é realmente difícil de se colocar no lugar dessas pessoas e entender as barreiras enfrentadas por elas por conta de suas condições de vida atuais.

É por isso que devemos exercitar a inclusão e apoio à diversidade em nosso dia a dia, não só dentro como fora do ambiente de trabalho também. Debater temas, compartilhar conhecimentos, oferecer uma mão amiga, tudo isso faz muita diferença na vida de quem precisa de um esforço a mais para superar obstáculos no meio do caminho. Muitas vezes as pessoas só precisam que alguém acredite nelas (e dê uma oportunidade também, óbvio).

Abraçar a diversidade é algo que faz muitíssimo bem para a imagem de uma empresa, que passa a ser reconhecida e valorizada como um espaço de acolhimento, com aquele calorzinho humano que dá vontade de estar lá, sabe? E é sobre isso: fazer o bem, ajudar a construir uma sociedade mais justa, colocar os princípios éticos à frente de qualquer outra coisa.

Representatividade, a alma da diversidade

Ah, tem também a questão da representatividade. Quantos líderes/pessoas ocupando cargos mais elevados numa hierarquia você já viu com o mesmo tom de pele que o seu? Com a mesma orientação sexual? E tantos outros detalhes como mencionamos acima? Se você faz parte de uma maioria homogênea, essa pergunta pode parecer meio boba, mas para quem tem uma condição existencial historicamente oprimida, isso tem muito peso.  

Estar em uma posição alta é uma responsabilidade gigantesca para com os demais que olham para você. É ter poder nas mãos, não só no sentido profissional, mas de mudar o mundo também. E poder é algo que precisa ser usado com muita sabedoria.

Benefícios de um time diversificado dentro da empresa

1 – Diminui a possibilidade de conflitos, uma vez que convivendo com pessoas diferentes, cria-se uma atmosfera de respeito mútuo;

2 – Aumenta a criatividade, pois são mais vivências e visões de mundo que podem ser expressas;

3 – Possibilita resultados melhores – Um estudo feito pela McKinsey & Company aponta que a diversidade de colaboradores tem capacidade de elevar em 15% o lucro operacional da empresa, com exceção de despesas e receitas financeiras.

Aqui vão algumas dicas práticas para uma boa gestão da diversidade empresarial

1 – Faça os líderes se sensibilizarem e tomarem consciência a respeito do assunto e de seu impacto comportamental sobre as pessoas;

2 – Faça do respeito e inclusão regras da empresa, coloque isso no código de postura e não hesite em relembrar a importância de segui-lo.

3 – Invista num indicador de performance para monitorar o progresso das ações;

4 – Tenha uma comunicação interna atrativa e acolhedora, faça as pessoas se sentirem bem por trabalharem em seus ambientes.

Foto: Foto de fauxels no Pexels

Samuel M Basso

Mais de 16 anos de experiência na área de tecnologia da informação Samuel é um executivo de negócios de TI, empresário e professor. Tem uma grande experiência em análise e desenvolvimento de sistemas de gestão, marketing digital, consultor de micro e pequenas empresas.

Deixe um comentário