7 erros de gestão que podem arruinar o seu negócio

Segundo dados do IBGE, 60% das empresas brasileiras têm vida curta. Elas fecham depois de cinco anos de sua abertura. Além disso, devido à  crise, o Brasil chegou a registrar dois anos seguidos com mais empresas fechando as portas do que abrindo. Isso tudo só comprova o que todos já sabem: gerir um negócio não é brincadeira. Contudo, isso não significa que você não deve tentar! Ter sucesso como empreendedor é possível, basta evitar alguns erros de gestão.

Abaixo listamos os 7 erros mais comuns para que você aprenda com as falhas já cometidas por outros. Dessa maneira evitando-os no seu próprio negócio. Vamos lá?

Antes, confira nosso e-book: 10 Dicas para Fazer seu Planejamento Financeiro Empresarial

Confira também: 5 dicas para administrar melhor seu negócio.

1. Erros de gestão: negligenciar o plano de negócio

Já dizia o ditado: se você falha em planejar, está planejando falhar. O planejamento é a alma de qualquer empresa de sucesso. A falta dele é um dos erros de gestão mais comuns.

É por isso que o primeiro passo para assegurar que sua empresa não feche as portas é possuir um plano de negócios sólidos. Geralmente, o plano de negócios é realizado antes da abertura da empresa.

Contudo, isso não significa que aquelas organizações que já estão funcionando não possam fazer o seu agora. Ou mesmo rever o plano de negócios realizado lá no início.

Isso porque este plano é um detalhamento das condições necessárias para que o negócio atinja o sucesso e supere a concorrência em seu mercado. Ele servirá como guia sobre o ramo, seu público, concorrentes, fornecedores. Além disso, mapeia os pontos fracos que podem gerar erros de gestão e o que você pode melhorar.

2. Não estabelecer metas específicas

Você provavelmente já ouviu falar da importância de ter metas claras e bem definidas. Metas ajudam a mover sua empresa e seu time na direção em que você deseja chegar.

Contudo, é importante que suas metas cumpram dois requisitos básicos.

    • Sejam específicas: nenhum negócio é igual a outro, bem como cada departamento dentro de uma empresa terá suas especificidades. As metas definidas devem considerar as características do mercado em que você está inserido, além de serem divididas por área da organização;

  • Sejam atingíveis: de nada adianta estabelecer metas que sua equipe não conseguirá alcançar. Isso só servirá para desmotivá-los. Suas metas devem ser realistas e alcançáveis. Para isso, o plano de negócios também será uma ótima ajuda.

3. Achar que a rotatividade de funcionários é algo bom

Alimentar o turnover, ou seja, a rotatividade dos funcionários, é um dos erros  mais graves que qualquer empreendedor pode cometer.

Seu time é seu maior ativo. São eles que levarão a empresa à conquista das metas estabelecidas e do objetivo do negócio. E isso será feito por meio do conhecimento e habilidade que eles possuem e desenvolvem enquanto empregados da sua organização.

Cada vez que um empregado deixa sua empresa, ele leva consigo todo o conhecimento dos detalhes do seu negócio. Acredite, custa caro desenvolver um novo profissional para atingir esse mesmo nível.

Invista no treinamento e capacitação do seu pessoal e em manter um ambiente de trabalho agradável para reter talentos e não os perder.

4. Não investir em um sistema de gerenciamento

Para um negócio com cinco funcionários, pode até ser que controlar todos os custos e processos da empresa funcione por meio de uma planilha simples do Excel.

Contudo, quem já é maior — ou quer chegar lá — precisa investir em um sistema de gerenciamento que evite erros de gestão e facilite sua vida e de quem trabalha para você.

Um ERP, como são comumente conhecidos esses sistemas, centralizará todas as informações relevantes para gestão do negócio. Isso inclui os dados financeiros, cujo controle é essencial para garantir a rentabilidade das suas operações.

5. Não ter um capital de giro

A maioria das pequenas empresas espera crescer, e os proprietários querem aproveitar cada nova oportunidade de vendas que se apresenta. Mas capitalizar essas oportunidades e aumentar o negócio geralmente exige dinheiro.

Se o negócio não tiver fluxo de caixa suficiente ou lucros retidos, o financiamento precisará vir de empréstimos ou de um investimento de fundos do proprietário ou de um investidor externo.

Embora os proprietários possam ser bem versados nos aspectos operacionais de um determinado setor ou comércio, um dos erros de gestão é que muitos não têm uma compreensão básica de capital de giro, demonstração de lucros e perdas, balanço e análise de fluxo de caixa.

As decisões relacionadas à despesa que são feitas sem uma compreensão clara das consequências financeiras podem ser devastadoras. Embora seja importante monitorar de perto as vendas e os lucros, a compreensão das tendências do fluxo de caixa deve ser sempre seu foco principal.

6. Tentar “abraçar o mundo”

Em uma empresa de pequeno porte, é comum que todos participem e realizem tarefas que estão fora das linhas de suas descrições de trabalho.

Mas não importa o quanto você e seus funcionários estejam dispostos a fazer de tudo pela empresa, é importante saber quando vocês estão ultrapassando certos limites.

Não tenha medo de terceirizar tarefas que sua equipe não pode manipular. Seu novo empreendimento exige que cada aspecto seja tratado por alguém que entenda o que está fazendo. Não há boa intenção no mundo que transforme um especialista em TI em um bom contador.

7. Localizar-se longe da concorrência

Parece contraditório, mas manter certa proximidade da concorrência, especialmente para o varejo, pode ser muito benéfico. Isso porque lojas do mesmo ramo nas proximidades atraem a clientela.

É claro que isso também deverá aumentar seus esforços para se destacar — mas você deve pensar que de nada adianta investir em uma boa gestão do seu negócio se você não conseguir atrair o consumidor.

Para garantir o sucesso de um empreendimento é fundamental saber onde se está pisando. Ter seu próprio negócio é o sonho de vários brasileiros, mas é preciso saber evitar esses erros de gestão para garantir que o sonho se concretize e perdure.

O que achou do nosso artigo? Para que você possa contar com informações mais completas sobre planejamento financeiro, separamos um eBook com informações valiosas sobre o assunto e totalmente gratuito.

Samuel M Basso

Mais de 16 anos de experiência na área de tecnologia da informação Samuel é um executivo de negócios de TI, empresário e professor. Tem uma grande experiência em análise e desenvolvimento de sistemas de gestão, marketing digital, consultor de micro e pequenas empresas.

Deixe um comentário