Começa e termina o mês e é sempre aquele mesmo problema. Falta dinheiro em caixa,  você precisa pedalar o pagamento de fornecedores e não consegue nem imaginar como vai quitar os impostos. Talvez você passe por esta situação com frequência. Ou talvez conheça alguém que sente isso na pele. O certo é que, com algumas mudanças de hábito e controle é possível melhorar a gestão financeira da sua empresa e nunca mais ter este tipo de problema.

Realizar uma boa gestão e manter todas as contas organizadas e em dia não é exclusividade de grandes empresários ou de gênios da administração. Afinal, não é preciso muitos investimentos ou a contratação de alguém especializado no assunto. Mas é necessário, sim, empenho organização e disciplina. 

Isso porque um dos principais motivos para o fechamento de empresas no Brasil é a falta de capital ou lucro. Ou seja, melhorar a gestão financeira é uma maneira de evitar a falência de muitas negócios.

Por isso, é importante começar agora. Porque quanto mais tempo você demorar, mais difícil fica para organizar a casa e começar a ter resultados. Para te ajudar, preparamos este guia com algumas ações que você pode aplicar na sua empresa.

Dicas para melhorar a gestão financeira do seu negócio.

1- Siga o seu Planejamento Financeiro Empresarial

Primeiramente, o planejamento é essencial para o sucesso do empreendimento. E sendo um dos setores mais importantes de um negócio, o setor financeiro não pode ser deixado de lado. 

Com um bom planejamento financeiro, podemos projetar receitas e despesas, definir prioridades e termos maior segurança na hora de fazer algum investimento.

Neste artigo você aprende como fazer um planejamento financeiro empresarial.

Mas de nada adianta criar um planejamento e não segui-lo. É importante fazer este planejamento no mínimo uma vez por ano e atualizá-lo sempre que possível. O mais importante é colocá-lo em prática e mensurar os resultados.

2- Cuidado com o Fluxo de Caixa

Quando falamos em gestão financeira, o fluxo de caixa deve ser o seu melhor amigo. É ele quem controla as entradas e saídas da sua empresa. Ou seja, é a partir dele que você pode avaliar a saúde financeira do seu negócio

Porém, isso só é possível se ele estiver com as informações atualizadas e completas. Portanto, para garantir que você faça uma análise assertiva, é preciso ser rigoroso no preenchimento dos dados.

Para ter um controle preciso, você pode criar uma planilha de controle diário para registrar TODAS as movimentações de recursos. Anote os pagamentos e recebimentos, os valores e a data. 

Depois, basta compilar os dados desta planilha de controle diário para o seu fluxo de caixa mensal. Dessa maneira você terá um entendimento muito maior sobre todas as suas despesas e receitas.

Neste link você pode baixar um kit de planilhas que pode auxiliar na gestão financeira do seu negócio.

3- Evitar gastos desnecessários auxilia a melhorar a gestão financeira da sua empresa

Quando você começa a controlar as contas da sua empresa começa a entender quais são as suas principais despesas. E começa a notar oportunidades para diminuir estes gastos.

Dificilmente você vai conseguir cortar suas maiores despesas sem ter impactos negativos na qualidade e produtividade. Portanto, em um primeiro momento, foque em diminuir pequenos gastos, como energia elétrica, água, telefone, entre outros. Garanto que eles fazem toda a diferença no final do mês.

Afinal, a redução de despesas impacta diretamente na sua lucratividade no final do mês.

4- Mantenha seus pagamentos em dia

Pagar os seus fornecedores em dia não só é uma boa maneira de manter uma boa relação – o que pode garantir melhores condições e prazos no futuro – como é uma maneira de evitar multas e, consequentemente, poupar dinheiro.

Por isso, é importante que você tenha um controle rigoroso de contas a pagar no seu negócio. Portanto, organize os seus pagamentos e garanta que todos sejam quitados dentro da data limite. 

Muitas, empresas, principalmente quando estão começando a melhorar a gestão financeira, podem ter problemas de caixa e não ter recursos no momento do vencimento das contas. Isso pode ser resolvido negociando melhores prazos com seus fornecedores e também implementando algumas dicas do nosso próximo item.

5- Cuidado com seu Capital de Giro

Garantir que você tenha recursos à disposição para pagar os seus fornecedores antes do vencimento é essencial para manter o seu negócio funcionando. Por isso, é importante você tomar alguns cuidados com o Capital de Giro do seu negócio.

Ele evita que você precise pedir um empréstimo para quitar as suas dívidas, ou caia no cheque especial, o que é um perigo para a saúde financeira do seu negócio e afetar a sua lucratividade.

Uma saída é buscar estratégias para reduzir o número de parcelas de recebimento de clientes e procurar aumentar o número de parcelas de pagamento de fornecedores, assim, quando você precisar pagar seus fornecedores, terá recursos em caixa.

6- Faça o Planejamento Tributário

Se sua empresa passa por dificuldades financeiras, talvez você possa estar pagando impostos desnecessários. Uma saída é fazer um planejamento tributário da sua empresa. 

Antes de mais nada, é importante que você tenha o auxílio de um profissional qualificado para te auxiliar a analisar os tributos que você paga atualmente e buscar formas para diminuir a carga tributária sobre o seu negócio.

Em alguns casos, a mudança de Regime Tributário pode ser vantajosa e trazer benefícios para o seu negócio.

7- Conte com um sistema de gestão para melhorar a gestão financeira do seu negócio

Um sistema de gestão empresarial é uma maneira eficiente de garantir o controle das finanças da sua empresa e encontrar oportunidades para otimizar este setor. É possível manter o controle sobre o seu Fluxo de Caixa, contas a pagar e receber, controle de cheques, caixa, comissões, emissão de boletos e muito mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *